segunda-feira, 24 de março de 2014

Habite o céu

Vai correr!
Corre muito.
Até você voltar a sorrir como uma criança.
Corra mais rápido que seus medos.
Deixe eles para traz e se sinta leve, a ponto de voar.

Vai voar!
Voe muito.
Até você voltar a ser livre como um pássaro.
Voa mais rápido que seus pensamentos.
Deixe eles para traz e se sinta ainda mais leve, a ponto de não mais tocar o chão.


-Corre menino!!! - Ela disse
Vai depressa, conhecer esse mundo que é grande demais e você já nao tem tempo...
O menino correu olhando para traz, certificando-se que ela estaria lá.
-Vai conhece o mundo! Estarei aqui te esperando!
O menino tropeçou nos próprios pés, retirou as sandálias e continuou correndo...
Quando percebeu que mesmo longe ela continuava ali sorrindo para ele percebeu que podia ir aonde quisesse...
-Vai ser livre.. vai descobri o mundo e você.. e não se preocupe eu já tenho uma certeza na vida... - eram os pensamentos dela.

sexta-feira, 14 de março de 2014

Trecho de palavras que ja se traçavam para um importante dia

Eu acredito na eternidade
Acredito que a eternidade seja tecida de retalhos
Retalhos de momentos
Momentos esses felizes
de sonhos, gargalhadas,
brincadeiras e suspiros.
Mas não apenas de bons momentos
momentos de brigas
de lágrimas de palavras não pensadas
momentos que apesar de nos machucar
São imprenscindíveis para o crescimento de nossa eternidade
...continua

Carta para a florista

Cade o seu vazio do peito?
Nao te corroi assim como a mim?
Nao te pertuba o silencio e a falta de minha voz?

Aqui deste lado não é facil
Meus planos crescem para mim
Penso tanto no meu futuro
E ai que sinto o vazio
Pois em tudo e que viria
Voce estava presente

Sua música
Seu sorriso
Suas brincadeiras
Seu silêncio

E tudo meu te daria
Meu sorriso
Minhas manias
Meu cotidiano
Minha comida

Hoje o dia foi tão vazio
Nem sorrisos ocos consegui dar

...

Lembrei do ultimo olhar
Tão certo de um próximo
Que não ao menos te vi direito
Nem ao menos despedi dieito
E só queria aquele abraço
De antes de dormir que me deixa sem saber agir
Queria no meio de tanta carne
Ouvir o "te amo" vindo da alma

Queria você...

quarta-feira, 12 de março de 2014

Le grand infance

Suas mãos aos poucos foram se soltando.
E ele começou a dar seus primeiros passos.
Desajeitado corria em direção ao mar.
Sorrindo
Sem mesmo olhar pra trás.
Ela muda sorria.
Com lágrimas nos olhos.
Difícil seria tê-lo em seu colo novamente.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Acordei triste de um sonho

Poema - Ney

Eu hoje tive um pesadelo e levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo e procurei no escuro
Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou um consolo
Hoje eu acordei com medo mas não chorei
Nem reclamei abrigo
Do escuro eu via um infinito sem presente
Passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim,
De repente a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua
Que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio mas também bonito
Porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu
Há minutos atrás
Eu hoje tive um pesadelo e levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo e procurei no escuro
Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou um consolo
Hoje eu acordei com medo mas não chorei
Nem reclamei abrigo
Do escuro eu via um infinito sem presente
Passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim, que não tem fim
De repente a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua
Que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio mas também bonito
Porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu
Há minutos atrás