sábado, 20 de abril de 2013

Escola

Eu to voltando
Para o tempo das minhas palavras e atos
Eu to voltando para o que parecia se um hiato
Mas onde se encontrava a mais pura verdade
No tempo que eu menos podia ter razão era onde eu tinha absolutamente tudo
Volto agora, mas acredito que terei que voltar mais vezes
Pois nada adiantaria ter uma chave na mão sem saber onde usa-la

Nenhum comentário:

Postar um comentário