quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

brainstorm vento

Sopro, leveza, vento
Ontem hoje amanha
Incertezas certas de momentos preenchidos completos
que se esvaem
tranformação
o nada que carrega tudo consigo e traz tudo consigo
como o vento
Aonde estou
Quem sou 
O que faço
não sei
Só vivo
Não é a passividade frente a maré
É a natureza do vento
É o movimento
é a dança
que nunca para, senão desfalece

Nenhum comentário:

Postar um comentário