terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Desconsciencia

Ela se esvairá...
Como o éter no ar se dilui
Mas ela irá mais bruscamente
Ou será que ja está se desfazendo

Os momento de tempo sem tempo
De vago pensamento
De automação dos atos
E o olhar perdido..
A boca seca
Vaga de palavras

Ela está se esvaindo
Ou se esvai por tempos...
Segundos..
Ou talvez horas que pareçam minutos

E o entorno que nos é tão distante
E tudo que nos parece tão próximo
desmancha-se junto
Mancha opaca
Envelhecida pelo tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário