segunda-feira, 12 de março de 2012

Nao quero mais o novo nem o diferente
Desejo com todas as minhas forças o igual
Cumplicidades e pertencimentos nao so de um mas de todos
Iguais de alma Iguais de sorrisos e lagrimas
Iguais com zeros a direita muitos zeros
zeros nao trazem desigualdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário