terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Incompletude

Quero sua pele e sua carne
Lhe ter gritando de prazer
desfalecendo e vivendo em meus movimentos

quero sua unha na pela
seus dentes no pescoço
quero lhe dar a sensação que nunca teve
quero que sinta a alma
o espirito

Nenhum comentário:

Postar um comentário