segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A foto agora com mofo
O sorriso um tanto amarelado
Mas a felicidade permanece
Assim como um carinho de algo e alguém inesquecível
Parfois je t'admire e je pense où reste vous.
Te procuro nos meus caminhos
E me controlo para não fazer os seus
Não é o amor que mais desejo
É poder ter novas fotos e novos sorrisos
Não há ferrugem no que está vivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário