domingo, 3 de outubro de 2010

Estrelas e historias sem fim

Sou só mais um
Nesse imenso céu e deserto
Me guiando sem bússola
A olhar para as estrelas
Que me guiam por suas histórias sem fim
Me protegem a noite e se calam de dia
E a cada passo nesse mundo efêmero de areia aprendo mais
Aprendo sobre a arte da paixão humana
Amar a todos e a tudo
Cada sorriso e cada lagrima
E pela noite, contar minhas histórias para as estrelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário