domingo, 9 de maio de 2010

Quem sou eu?

Um eterno apaixonado?
Me de uma faísca que te trago um incêndio!
Um eterno exagerado?
Me de um grão de areia que esperarei um deserto!
Um eterno mudável?
Assopre em meu ouvido que irei para onde o sopro me levar!
Um eterno sorridente?
Me mostre qualquer alegria que encontro a eterna felicidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário