segunda-feira, 3 de maio de 2010

Foi tão perto
por tao pouco
tudo parecia ja reconstruido
mas as bases falharam
onde?
não sei
por momento vi futuros
por momentos sorri e tive aquele sentimento bom
e derepente pó
é tão estranho
aquele toque
aquela voz
aqueles olhos..
aquele sorriso
e minha ilusória esperança
quem imaginaria?
lamentações
por tempos fora realidade
sim foi real
e derepente assim
desmanchado
foi por tao pouco
meu coraçao estava voltando aos poucos
e...silencio
"nada mais que o silencio
a noite então era pior não pelo silencio
o silencio era o mesmo, mas a noite era sombra
a solidão ainda mais estreita ou mais larga"
e aquela voz que eu estava me acotumando a ouvir
ficou muda e nem sinais faz mais
fica a lembrança
a lembrança do quase
a lembrança de uma essencia
e a lembraça de algo que nao existiu
estranho, td muito estranho
foi por pouco...
quase

Nenhum comentário:

Postar um comentário