segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pombo, leve a Sao Paulo

Me de aquele velho whisky
Traga com ele meu comprimido
E deixe-me durmir o quanto for necessário
Permita-me perde-me para me encontrar em outro mundo ilusório



Não meu amor, não racionalize
Não reduza a vida e o amor a números e palavras
Permita apenas sentir e embriagar-se em névoas desconhecidas

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Nao tem um dia que meus pensamentos nao naveguem por seus mares
mares que tanto conheci e vivi, onde nao falta peixe e a agua é transparente e suave

Parfois je pense que je ecrir ceci seulment par vous lire un jour

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Lembrar do passado e sorrir
E do passado apaixonar-se mais
Sentir aquela saudade de algo que talvez nunca volte
Mas lembrar de cada palavra, de cada gesto de cada sorriso
brincadeiras e momentos
que sempre hão de existir dentro de mim

terça-feira, 16 de novembro de 2010

restejam sobre um odor meu
um cheiro que despertado hipnotiza
mas so me traz sonambulos
um cheiro que traz apenas mayas

cazuza fellings eternament

Dizem que tô louco
Por te querer assim
Por pedir tão pouco
E me dar por feliz
Em perder noites de sono
Só pra te ver dormir
E me fingir de burro
Pra você sobressair

Dizem que tô louco
Que você manda em mim
Mas não me convencem, não
Que seja tão ruim
Que prazer mais egoísta
O de cuidar de um outro ser
Mesmo se dando mais
Do que se tem pra receber
E é por isso que eu te chamo
Minha flor, meu bebê

Dizem que tô louco
E falam pro meu bem
Os meus amigos todos
Será que eles não entendem
Que quem ama nesta vida
Às vezes ama sem querer
Que a dor no fundo esconde
Uma pontinha de prazer
E é por isso que eu te chamo
Minha flor, meu bebê

sábado, 13 de novembro de 2010

seulement

Rire seul
Parler seul
Rêve seul
o fato o esquecimento nao foi completo
ate quando quero essa harmonia
ate quando aguardar um retorno?

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A foto agora com mofo
O sorriso um tanto amarelado
Mas a felicidade permanece
Assim como um carinho de algo e alguém inesquecível
Parfois je t'admire e je pense où reste vous.
Te procuro nos meus caminhos
E me controlo para não fazer os seus
Não é o amor que mais desejo
É poder ter novas fotos e novos sorrisos
Não há ferrugem no que está vivo

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

"Passei tanto tempo escupindo detalhes que não reparei que a madeira apodrecia, apesar disso tentei procurar o sublime, e a madeira podre, tão enriquecida de detalhes ainda desperta suspiros em quem vê"
Se você soubesse o quanto carinho eu sinto
mesmo sem te ver
sem ouvir sua voz ou mesmo te abraçar
esse sentimento sempre foi algo diferente
espero realmente ter sido mais um anjo do que um humano
apesar de meus erros
as lembranças vira e mexe aparecem
e me fazem sorrir, sozinho no meio da rua
suspirando lembrando de gestos ou sorrisos

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Não é nenhum merito ter minha paixao
o merito é alimenta-la a cada dia
no instante do olhar minha paixao é por qualquer uma

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Para a menina dos olhos que brilham

Eu já te conheço,
Já me encantei com seu olhar em algum momento,
E já sorri com seu sorriso em algum instante,
Já encostastes a cabeça em meu ombro, e já acariciei seus cabelos.
Até mesmo já suspiramos juntos
Now, if you want, you can close the door.
If you dont want see me arrive, you must close the door.
No more kisses and hugs, no more plans or dreams.
I just aks me why, our love never lie.

Now if you want you can close your eyes,
you can close your smile, and be able for cry
A mesma prostituta de sempre
a ponto que pago com cheques pré datados
O espaço é único, o vazio e a completude pode chegar na mesma infinitude

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

um local para guardar

Pode ser que seja normal
Acordar querendo te ver
Pode ser que seja fatal
Para mim, ficar sem você
Pode ser que agora seja assim
E o remédio seja esperar
Pode ser que eu ria de mim
Quando tudo isso acabar
Antes que eu sinta mais saudades de você
Quem sabe a gente não se encontra pela rua
Ainda é cedo e tudo pode acontecer...
Pode ser seu jeito de olhar
Um sorriso basta pra mim
Faz o meu mundo parar
Faz o coração dizer sim
Pode ser que eu queira demais
E você nem queira saber
Pode ser que seja fugaz
Mas eu quero estar com você
Eu visto a roupa mais bonita pra te ver
Quem sabe a gente não se encontra pela rua
A noite cai e tudo pode acontecer
Debaixo dessa lua...
Esse tal de acaso está acabando comigo!!!

S2

domingo, 3 de outubro de 2010

Estrelas e historias sem fim

Sou só mais um
Nesse imenso céu e deserto
Me guiando sem bússola
A olhar para as estrelas
Que me guiam por suas histórias sem fim
Me protegem a noite e se calam de dia
E a cada passo nesse mundo efêmero de areia aprendo mais
Aprendo sobre a arte da paixão humana
Amar a todos e a tudo
Cada sorriso e cada lagrima
E pela noite, contar minhas histórias para as estrelas.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Pq poesia no que não é poetico

Se vc tivesse uma minima noçao
do que é gerar e ter um sentimento se pudesse saber realmente que se torna responsavel pelo que cativa
se fosse mais um pouco pros outros assim como ninguem é vvc teria agido diferente
pq vc é vc? pq esses jeitos dúbios?
É isso claro..esperei esse dubio e nao o encontrei hj
e eu como faço? como lido com meu dubio?
na verdad me diz mt sinceramente o q faço, como agir
abre o jogo tira a mascara nao fique so sorrindo q nem eu
sera q as pessoas deveriams er menos educadas e tlvzs mais reais?
sl a raiva faz mt coisa ..o pior é a angustia q nao tinha
epaaaa algo aconteceu??? ainda nao??
tem,os q aproveitar o desconforto para q algo aconteça drepent é mais facil
vamos lembrar da historia das 3 tragedias...quem sab um castelo nao me espera
pq a esperança é a ultima q morre rs as vzs da vontad d esfaquea-la d vez ..ps a esperança
Agora são duas



Duas na lembrança duas que me causam calafrio duas que me deixam ansioso e...com borboletinahs no estomago? rs sim é isso
Queria que a ordem fosse invertida, primeiro tivesse sido a segunda para imortalizar com a primeira, mas acho que a segunda foi por consequencia da primeira, assim caio num calculo quase impossivel de antes depois e durante
se tenho um caminho a esquerda tenho outro a direita e se cai uma pedra no da esquerda apontando um cmainho tb leio como um bloqueio de caminho
sempre o dois, na verdade o tres um lado outro ou manter-se....
o que importa é que acontece algo conosco...pra que um objetivo?
pra que uma merda de objetivo num mundo finito
numa vida finita
porque nao apenas seguir caminhos? porque pensar nos outros e porque nao pensar ou ate porque de se pensar...
palavras e nao razão, vivente e não animal
e o que é vivente, e o que é vida?
nosso caminho ja existe ou construimos ele?

sábado, 18 de setembro de 2010

L'impossibilité de une femme

Quero encontrar alguém com os cabelos tão soltos como o seu
que voam com uma brisa ou mesmo com um sutil movimento
Procuro alguem com seus olhos,
Seu olhar tão profundo, que quando encontra a profundidade dos meus brilham docemente
Que esboçe um sorriso quando fica sem graça
ou mesmo seguido de uma leve piscada de olhos
Uma mulher com traços de menina
Com a voz firme e decidida
mas de mãos delicadas e abraço confortante
Te admiro como a uma estrela, longe, intocavél
Mas que me inspira

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Après tout, vous m'avez rappelé ce que signifie être dans l'amour
Estar apaixonado...Estive apaixonado...Estarei apaixonado
A paixão pra mim é como o mar,
se tenho oportunidade
mergulho e não saio antes do anoitecer

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

menina

Hoje sinti sua falta.
A falta de sua ausencia presente
de seus encantos
De como fazia-me sorrir sem ao menos estar em minha frente
Agora resolvi nao controlar-me e escrever e exteriorar essa falta
falta de um futuro possivel proximo
falta de uma certeza
de uma voz antes de durmir
"sera que voce ainda pensa em mim?"
as vezes penso o quanto dura a inercia de um sentimento
Pensei que era você
lembrei do poema
pensei na dedicatoria e me tracei um tempo
um tempo que so foi projeto
e você se foi
e eu fiquei
mas pensei que tinhas ido
já em segundos do meu pensamento
Mas ainda vejo seu índice
Seu rastro
e as poucas lembraças
mas que como todas, digo talvez sem hipocrisia
deixaram suas marcas

Procura-te ou nao procurar-te es a questão
creio que nao, porque nao me procuras você ja que você que quis sumir

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

luzes

Com você construi minha estrutura e me edifiquei
criei meu ideal apesar de tudo
traçei meus sonhos e vi momentos exemplares de felicidade
Já com você aprendi o inexperado, o acaso e a observar
agora quero aprender a sorrir a todo segundo.
Não a toda hora, como já faço, isso é pouco
quero sentir quero sorrir quero transcender
quero poder encontrar com você, mais uma vez, conversar
ver no que nos transformamos
quem sabe o que o futuro espera.
Já con você.. eu não sei queria poder ter aquela vela mesmo com o pavio ja gasto
foi um rtesquicio de fogo que me fez enchergarum pouco depois do apagão de um olofote que quem sabe nao me cegava?
e ao invés de olhar para os lados para me acostuamr com aquela luz..brigava com ela olhando-a diretamente e me cegando mais e mais

Para um passado

Primeiro pensei em dizer: Não te perderia mais
Depois pensei, não nos perderiamos mais
mas retomei, nao te perderia mais, porém não sei se me perderias ainda
então me pergunto, não me perderia mais?

Nunca deixe de amar, de dar o seu amor, não há perigo de se perder o que se dá mas há de se perder o que se guarda.

Quem sabe um dia...se foi incrível, que dirá depois, qdo realmente tivermos prontos

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Pra onde vai toda aquela energia?
Sinto-me um tanto frio, um tanto estático
Sinto o vapor da antiga energia se esvaindo de meus dedos
sublimaçao, do calor ao frio do vapor ao solido, direto sem estados intermediarios...


"acontece que meu coração ficou frio"

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tenha saudade
Agora verdadeiramente sinta a distancia do seu amor
distancia que apenas você criou
sentimentos nao são regidos pela fisica
sinta falta do meu R e do meu amor exagerado
do romantico apaixonado e da presença talvez ja insuportavel
não sentirá falta, passará como a pagina do livro em suas mão
e quando acabar de ler não terá mais lembranças minhas, será um livro terminado
Você não estava nela,
mas senti que estava perto, tao perto de um sonho
que sonho é esse a qual nunca consigo dormir
ei! onde estiver saiba que estou aqui, mesmo que nunca nos encontremos eu te amarei mesmo sem te conhecer
seus olhos seus sorrisos, e farei poemas pra você, e dançarei contigo
andarei pela praia verei as estrelas e pensarei nas outras querendo estar contigo
você era tão real, real até demais
demasiadamente real para um sonho
nossas maos nossos olhares
e parecia tão certo aquele caminho ondulado
mas pra quem nasceu nos calçadoes de copacabana
sabe que podemos ate brincar em caminhos tortos
preto ou branco eu corro você corre
pena, que pena, o sonho era real
e na realidade nao podemos voar, nem ir tão profundo porque nos faltará ar
não tenho medo da falta de ar e espero que um dia alguem se afogue do meu lado

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

dont look back in anger

Quero andar e caminhar a vida
sentir o sol queimando e o vento brincando em meus cabelos
quero poder sorris e me admirar com qual seja a paisagem
ver o mundo com a surpresa de um eterno primeiro olhar
e ter a paz e alegria de quem redescobre a vida
ao lado de uma crianca que da seus primeiros passos
Olhar o céu ou mesmo a terra
O mar calmo ou agitado
E não distinguir mais os dias e as noites
o sol e a lua, já que as estrelas estão sempre lá
E desejar que também sintas isso
que respire que dance que gire
se encante com o mundo e tenha sempre o primeiro olhar
e sorria, sempre sorria e brinque
como uma criança a correr nas areias de uma praia qualquer.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Como faço para voltar a ser criança?
Encolher e ter pensamentos ingenuos
simples ludicos e leves
sentir pequenas sensaçoes como se fossem monstruosas
sorrir e brincar sem compromisso

Agora inicio uma nova busca, quero a leveza
girar e ser tao leve a ponto de me perder nos ares
saco...
coração a mil
fome a zero
ansiedade total
assim como inercia para o restante
quando isso vai ter fim?
sinceramente? acho q nunca o fim é total
e qdo ta td ok... pimba! algo vem e confunde td
pq os passaros nao podem ficar apenas pousados?
Ilusões, ilusões, ilusões
nada passa de ilusões
porque de tantas rasas miragens?
De todas as nossas datas sónão decorei uma
a de nossa separação
acho que já fariamos um ano
não tem como não pensar em você quando fico entre incertezas

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Muros

Vago entre a estabilidade e a aventura
Questiono cada passo em falso e cada segundo de rotina
Saio pelas ruas sem rumo, mas volto cedo para dormir
Medito e esvazio a mente no caminho do trabalho
No mesmo, penso em todos futuros possíveis
Nas ruas encontro aqueles das inc´riveis incertezas
E me questiono, Há certeza certa?
O quanto hoje é presente...
E o quanto o amanhã é aquele velho presente, sem surpresas
Filosofo sobre o controle do tempo.
Nosso descontrole
Escrevo poemas sobre rotina e tempo
Mergulho em estranhas paixões profundas
Imaginando que agora encontrei a pessoa certa
Tão certa que me trás inseguranças e incertezas
No abstrato procuro formas
Meu sentimentos tão presos em mim, que as vezes nem se manifestam
Me sinto uma gaiola de mim mesmo
Um pássaro entre dois muros
Tão próximos que não se consegue levantar voo
Os muros invisíveis? Da certeza e da incerteza


Ps. Poemas nos planejamentos diários que quando consigo fazer, quase nunca se conseguem cumprir.
Sou um passaro entre dois altos muros
a certeza e a incerteza
altos o suficientes para nao me deixar voar
muros que aplacam o infinito
só há um meio de voar...
entre eles,
nao tem como ultrapassa-los..
podemos ate posar as vezes
mas faz parte da natureza dos passaros voar
Será que é necessário mudar?
Chegou essa hora?
O medo de mudanças é o desconhecido e suas consequencias

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Pq prega peças em mim
Pq o maya sempre cobre minah visão
o interno treme
o externo mostra-se nebuloso
as expressoes nao sao nitidas
rebuscadas embassadas mutiladas
e a pele
a pela ja nao eh a mesma
ja nao a sinto como antes
agora o interno está solido
pesado
me individualizo e me sinto unico
sem contatos sem fluidos
a alma presa
a sensaçao angustiantes
das piores
como pode coisas tao distintas
e o caminho quando se ramifica..
se voce for apenas o um, o individuo se ve obrigado a tomar escolhas
surgem as duvidas
no multiplo nao a escolhas ha caminhos
todos trilhados
a inercia so eh quebrada por uma força externa
e se tudo se locomove nessa resultanets nao há o caos
o caos eh da força externa
quebra o solido o individuo
o expande e o força a criar outras ligaçoes
ser uma teia gigantes do tamanho infinito
e nao uma semente
só, dependente..que a qualquer momento apodrece
"mas eu sei que alguma coisa aconteceu tá tudo assim tão diferente"

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Minutos... Segundos...

Te vi, seus olhos sorriram pra mim.
O tempo poderia ter parado,
Ficaria ali tranquilo em seus braços
Sua respiração, seus cabelos, seu toque
Decorava-te com os olhos,
Tentava gravar na alma o que parecia ser irreal
Aquela sensação e aquele sentimento
Inexplicável, abstrato
Provando que não há definição para tudo,
É necessario se entregar e apenas sentir.
Sua mão em minha mão.
Seus lábios em meu rosto, em meus lábios...
Meus braços cruzados ao seu redor,
Caricias... carinhos...
Dos mais bonitos e puros..
Respiração suave e aflita.
Meus olhos se perdiam nos seus
Meu coração em seus risos
E minha alma em seu jeito...
Incrível, encantador
Torcia para o tempo parar
Não queria me ver sozinho novamente
Tendo a saudade como companheira
Mas que grava cada momento...
cada segundo...
Imortalizados, únicos...
Insubistituíveis...
Assim como você...
Menina, Menino
Sorrisos, olhares, abraços, beijos...
E o tempo não parou
Nem mesmo esses momentos
Agora contínuos...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Será que ainda existe lugar para os românticos?

Para minha menina

Batidas fortes, respiração acelerada
Meus olhos te buscavam na multidão
De um lado para o outro andava em aflição
Minutos... Segundos...
Te vi e seus olhos sorriram pra mim.
Naquele momento o tempo podia ter parado
Ficaria ali tranquilo em seus braços
Sentia sua respiração, seus cabelos, seu toque
Tentava te decorar com os olhos,
Gravar na alma o que parecia ser irreal
Enfim aquele beijo novamente,
Aquela sensação e aquele sentimento
Inexplicável
O abstrato existe
E nos prova que não podemos definir tudo,
As vezes é necessario se entregar
E apenas sentir
Sua mão em minha mão
Seus lábios em meu rosto, em meus lábios...
Meus braços cruzados ao seu redor,
Caricias... carinhos... dos melhores!
Dos mais bonitos, puros..
Respiração suave e aflita ao mesmo tempo
Meus olhos se perdiam nos seus
Meu coração se perdia nos seus risos
E minha alma em seu jeito...
Tão incrível e encantador
E ali torcia para o tempo parar
Não queria me ver sozinho novamente
Sem você, distante com aquela saudade que chega dói
Mas que faz cada momento e cada segundo serem gravados
Imortalizados e únicos
Insubistituíveis...assim como você...
Menina, Menino
Sorrisos, olhares, abraços, beijos...
Momentos, contínuos em minhas lembranças.
Eu descubro quando estou apaixonado quando o lixo não vai pro lixo

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Reformas

O velho porto seguro se reconstrói
Preferi não abandona-lo, jamais
Servira como base para um porto tão bom e seguro quanto ao que foi
Utilizar das velhas formas e dos velhos materiais como inspiração e suporte
Mas é necessário aprimorar, sempre!
Cada navio é um navio e cada mar traz sua própria corrente

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Na escuridao de seus olhos
Na profundidade de seu olhar
Como na noite escura estrelada
Possui o sublime brilho
O qual me perco feito caos
O caos de um infinito imensurável
O caos de um sentimento inimaginável

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Hoje a ventania veio me tocar
A natureza se aproxima, me chama, me cutuca
Cada nosso envolvimento?
Cade a busca dos pequenos sentidos?
Devo pensar mais no etéro da pele
Voltar a gruta da grande mae

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

" Quem é você?
De onde surgiu o acaso que veio se transformar em destino?
De quem é seu sorriso? Sua voz, seu cheiro?
Posso rouba-los pra mim?
Posso tê-la pra mim?
E essa alegria e completude que sinto,
Me invade e toma a alma.
Apenas a alma pois meus pensamentos já são seus.
Quero agora apenas poder estar do seu lado
Sentir aquele olhar que transborda no meu âmago
E poder te-la entre meus braços, respirar seu ar e saborear o seu beijo. "

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Como que ao acaso o destino quis que caminhos se cruzassem em segundos
Que os olhos fulminassem a ponto de concretizar algo custasse o que for
Agora longe penso apenas em seu olhar
E a outra, agora ta cada vez mais pra tras
Sensação boa de liberdade e querer bem

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Como nao vou estar nem aqui, ja segue meus parabens!, 20 anos! td de bom! queria mt estar a seu lado ou ao menos como foi costume nos ultimos 3 anos ser o primeiro a te dar parabens
Queria repetir qualquer que fosse o ritual para que estivesse ao seu lado, para poder te ver sorrir, e te mostrar, como mostrei no primeiro ano o quanto essa data é importante..mas tenho quase certeza que vc nem se lembrará
.. a lembrança quase certa é solitaria
pensarei em você
nao tenha duvida e te desejarei tudo de bom
assim como sempre lembro e sepre desejo

Você

Novamente eu pensando em você
E ouvindo a musica que vc me dedicava
A gente nunca se entrega como deveria

Lembro de momentos
Dos melhores e mais bonitos
Dos sorrisos e carinhos

O forte abraço que parecia que nunca se cessaria
o sorriso, as buchecas e os narizes
As expressoes e as vozes

Você

segunda-feira, 19 de julho de 2010

A menina acabara de sair do banho, o garoto resolveu entao fechar os olhos e deixar a agua quente escorrer sobre sua cabeça, fechou a torneira e puxou a toalha que ela havia deixado pendurada na divisória de mármore, esfregou os cabelos e o corpo rapidamente, ao sair do box, encontrou o espelho oval embaçado pelo vapor e um S como feito com o dedo.

- Ih tem um S aqui.
- Fui eu! gritou a menina, é minha marca!
- Um S ?
- Sim, não reparou na minha tatuagem?

A menina se aproximou novamente do banheiro, de onde saia a unica luz que iluminava seu corpo despido, ela de costas exibia um tipo de sol, na parte superior das costas

- Sim é um sol!
- Então, sol, de Solange.
- Seu nome não era Milena?
- Meu nome lá é Milena, meu nome mesmo é Solange.
- Ok já percebi que nunca vou saber qual o seu nome de verdade

Gemeos

Se gemeos somos
em sentimentos e sentidos
espero ter te causado prazer
espero nao gerar magoas, nem mesmo feridas

Se gemeos somos, curta o desafio de romper as barreiras
o ego, o desejo e principalmente o medo
Deixe flutuar-se sobre as estrelas e tente alcance-las mesmo que parecam tao distantes e perto ao mesmo tempo

Se somos gemeos quero ve-la sorrir
quero ve-la dancar e criar seu repertorio
Coisas para alem da vida, sensacoes e momentos para a alma

E quando finalmente nos unirmos novamente
Que nossas sensacoes e lembrancas se fundam
A mais incrivel explosao energetica

Sinta, e nao sinta
corra e voe
Deixe que o ar circule
que o fogo queime
que a terra caia na terra
e que a agua volte a agua
e principalemten faca parte do ciclo maior

E nao se esqueca de aparecer e dançar.
De olhos fechados a alma sente mais,
e assim nos envolvemos muito mais
Num tempo e num espaço que só existe pra nós
Ontem senti outro corpo,
O primeiro além do seu
E te juro, que te procurava em cada curva
Que lembrava de você a cada movimento
Apesar de pensar em outra, ou tentar
E ter ali ainda outra,

Ontem te e me trai por juramentos que no fundo parecem vãos
Ontem tratei outra como tratava você
Sorri e ate mesmo refiz os mesmos carinhos
Bobos, de namorados

Ontem desordenei o certo e o errado
E o caos se estampou novamente
Te tive e nao te tive
Tive outra e nao a tive

Curvas, as tao sintuosas curvas
as vezes parecidas, mas jamais iguais
Meu ideal ja cristalizou em você

Ontem me perdi nos braços de outra
mas querendo que fosse os seus

quarta-feira, 14 de julho de 2010

No fundo só queria aquelas coisas bonitinhas...
Ok, não só isso, mas sei bem de quem
não posso me queixar ta td tao bem...
E sempre há a esperaça

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Eternum

Se for pra fazer um pedido,
Desculpe o egoísmo,
Mas quero ela de volta.
Com a mais pura vontade
Que se pode desejar alguém.

Até quando minhas lágrimas serão suas?

sábado, 10 de julho de 2010

Aznavour feelings

"She may be the face I can't forget,A trace of pleasure or regret,May be my treasure orThe price I have to pay.
She may be the song that summer sings,May be the chill that autumn brings,May be a hundred different thingsWithin the measure of a day.
She may be the beauty or the beast,May be the famine or the feast,May turn each day into aHeaven or a hell.
She may be the mirror of my dream,A smile reflected in a stream,She may not be what she may seemInside her shell.
She who always seems so happy in a crowd,Whose eyes can be so private and so proud,No one's allowed to see themWhen they cry.
She may be the love that cannot hope to last,May come to me from shadows of the past,That I'll remember till the day I die.
She may be the reason I survive,The why and wherefore I'm alive,The one I'll care for through theRough and ready years.
Me, I'll take her laughter and her tearsAnd make them all my souvenirsFor where she goes I've got to be.The meaning of my life is she, she, she

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Eles se olharam por um segundo, nao ouve sequer tempo, ele emsmo nunca imaginara que aquilo pudesse acontecer, uma convesa sobre o amor.

-Eu sinceramente ainda acredito que o amor não desaparece
-Pode não desaparecer mais se transforma, não é mais o mesmo
-Certo, ams poderia ser capaz de uma transformação drastica
-Ok, ele pode desaparecer

Os dois se vão

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Lembro muitos anos atras que te desafiei a ver o futuro
vejo o quanto voce acertou, e eu?
Sera que finalmente se foi
A dor nem será muita confesso nem dor sei se tem
O problema era o receio ams acho que agora foi
Por um lado espero muito
Preciso de paz, só paz, uma roupa branca
deitado na rede ouvindo o barulho do mar e sentindo o sol queimar
meu braços ja cansados de remar e aquela agua de coco pra refrescar

segunda-feira, 5 de julho de 2010

De verdade? Você realmente me fez ao menos por um tempo esquecer o passado
E depois apesar de querer retoma-lo ele nao estava mais completo
De verdade, acho que um bom abraço e palavras doces
Seguidas de um sorriso uma expressão incerta e um beijo
Me fariam sentir completo mais uma vez?
O que desejo é apenas a completude e no momento, realmente creio,
Que você seria o caminho mais proximo
Dessa vez posso falar que eu me engano
Como consegue fazer essa confusão com minha cabeça
Sorri e usa de sua delicadeza
Com que proposito?
Na verdade não é proposital agora sei que é coisa minha
Mas porque a atiça?
As vezes parecemos caminha juntos em outras que aparentam ser mais separados temos a penas a distancia de nossos braços esticados
Porque não caio em terra de vez?
Pensando em cair na real, nunca em deitar-me sobre solo rs

Começou pelo fim

Começou pelo fim

- Pai hoje você tem alguma coisa pra fazer?
- Sim filho o papai sempre tem o que fazer, ler, trabalhar, estudar.
- Todo dia?
- Na verdade, a gente faz um pouco cada dia, desse monte de coisa, quando a gente acaba uma a gente ja começou a fazer outra.
- Pai quando a gente acaba tudo é que a gente morre?

O pai abaixa seu livro, respira profundamente, e reflete como a muito tempo não refletia.

-Não filho, quando a gente morre ainda fica muita coisa por ser feita.
-Mas e ai? acaba então que não era tão importante você faze-las.
-O importante, a gente deixa pro nosso tempo livre, para que possamos curtir, mas sempre adiamos esse tempo livre.

O filho com a igenuidade e a sapiência de uma criança, olha o pai como quem não entende essa lógica estranha.
A mente do pai vaga no ar com as tocantes frases do filho.

-Pai, em vez de fazer um pouco de tudo, porque você não faz, até o fim, o que você realmente quer, ou acha importante?
-Filho, as coisas que realmente tem valor, e que algumas, eu já perdi, são feitas em minutos, as vezes nem demora uma hora. Seria dizer palavras, mais palavras, talvez ser sincero com as pessoas.
-Vovó já falou que você é assim por ser delicado.
- As vezes as pessoas disfarçam a covardia com a delicadeza, poderia ser mais angelical, se não tivesse receio de ser incomodo.
- Mas pai, não se deve sempre falar a verdade?
- Filho, a vida me ensinou que é mais fácil, e melhor para nós e para os outros, dizer o que querem ouvir, mas hoje vejo que as palavras que queria ter dito, eram a que eles deveriam ouvir. Sendo muitas delas palavras muito boas, outras conselhos e algumas até uns puxões de orelhas.
-E porque você não disse?
-Porque achava que aprenderiam com a vida, que o destino estava reservado para cada pessoa, mas, se pensarmos que a vida só depende de nós, e acreditarmos no livre arbitrio e em nossa real liberdade, vemos que somos condenados a viver com nossos atos.
Certa vez, um homem disse que a existência precede a essência, e isso significa que somos os donos de nossos proprios atos e ações.
-Sim pai, mas isso não seria até mesmo obvio? Se eu faço alguma coisa, fiz porque quis! Por mais que me mandem, teve minha vontade.
- O raro está ai filho! A vontade pura, a vontade do agora, a vontade sem culpa, sem receio, a vontade por si só, essa vontade é a unica que nos faz termos a completa noção, de que toda consequência, surgiu de uma causa nossa...sabe filho, aquele papo de que "faça o bem e você vai ter o bem etc"?
- Sim, na escola sempre falam isso também.
- Um dia, vão tentar te ensinar que a ciência e a religião são opostas...mas, se você fizer seus deveres e estudar direitinho, vai ver que as duas se complementam, e vai até mesmo conseguir provar a existência do que acham que nunca poderá ser comprovado.
-Pai do que está falando?
-Sabe o ser bonzinho? Você vai estudar um cara, Newton, e vai descobrir as leis de ação e reação...
-Hummm...

O pai fecha o livro levanta-se e poe sobre a mesa.

-Aonde você vai? Não queria acabar o livro?
-Depois disso, as letras de um livro voam da pagina. Tem letras e palavras que tocam mais a gente.
-Pai... desculpa, não queria ter interrompido.

O pai se ajoelhou em frente ao filho, até mesmo para ficar na mesma altura, assim como um gesto de quem pede perdão e tenta se redimir.

-Filho, nunca peça desculpas pelas suas puras vontades, pode até pedir desculpas se ferir alguém, mas, saiba que toda palavra tem sua força e sua hora pra ser colocada.
Antes de fazer seus deveres de casa, faça o que você acha que tem que ser feito, brinque com um amigo, sorria, abrace seus pais, e tudo mais que não poderá ficar sem você, no dia que você se for.

domingo, 4 de julho de 2010

Vai dizer que Eva não usou seu charme com Adão
E nós sempre caindo nessa,
Culpa de quem?
Da serpente! Rs

Caos Mental.. confusão, antes fosse caos, o sublime caos

Preciso do Caos e do meu proprio Perfume
Entorpercer-me em mim mesmo
E em transes cada vez mais individuais
Não é facil encontrar seu dúbio, seu dobro
Mesmo sabendo que ele está em algum lugar...

antes que ele já está ai..não não é isso
inconsciente nao permita-me iludir-me
não é ela jamais será não a quero

Lembre-se do velho porto
Ancore-se se não tem destino certo!
A gente as vezes se testa mesmo ja sabendo o resultado
Pourquoi?
"Ai! ai! meu coração
Passa dia mês e ano
Não consigo te esquecer
Ai! ai! meu coração
Ainda bate apaixonado
Com saudade de você" "
Quando penso que te esqueci me testo
me testo de todas as maneiras
E quando lembro do teu sorriso
Do teu carinho
De seus gestou tão doces
E da força daquele abraço
Como que pedisse para que jamais a abandonasse
Eu vejo que é impossivel te abandonar

Chicas Fellings

"Quando penso em você
Meu olhar se enche d'água
Não tenho um pingo de mágoa
É só saudade da boa
Que fica
Na lembrança de um beijo
Do abraço
Que ninguém me deu igual
Da noite que valeu por todas
Que eu vivi
O tempo foi passando
E eu fiquei
Por todos os amores
Aonde andei,tentei
Mas nunca deu pra esquecer
De ti
Ai! ai! meu coração
Passa dia mês e ano
Não consigo te esquecer
Ai! ai! meu coração
Ainda bate apaixonado
Com saudade de você"

sábado, 3 de julho de 2010

O que importa pra minha felicidade é asua felicidade
O que importa no meu cainho é que seu caminho seja bem trilahdo
E por não estar mais nele acompanho de longe com receio de seus perigos
O meu caminho seguira tranquilo
Enquanto for paralelo ao seu e meu unic desafio seja te observar
Se trilhar o meu ao redor do teu
nao sentirei os bstaculos de minha frente
enquanto o importante é vigiar
nao temos perigo a nossa frente

quarta-feira, 30 de junho de 2010

As lagrimas podem ser tão suáveis
que nem os olhos ficam vermelhos
Só agora percebo a força de suas palavras
Sua marca foi profunda,
você sempre estará marcada em minha vida
não há como esquecer algo tao especial
algo que existiu e que teve vida
as vezes dificl, mas bela, tao bela

A marca que deixou doi as vezes
mas é a mais linda cicatriz que tenho
a melhor das lembranças
do melhor dos sentimentos

Porque dois se formam um e o um se separa?
Pensei qu seria eterno, um eterno tão palpável
De repente esse foi o problema, o infinito e o eterno não pode ser mensurado
E quando a noite está escura e o céu limpo
sentimos a sensação que basta levantar a mão e alcançar o céu,
mas ao fazermos isso ele escapa
Ontem vi uma
Sonhei com você
Hoje encontrei outra
São tantos olhares
tantos sabores
que a gente se perde em si mesmo
Encantos detalhes brilhos
suspiros e olhares

Cada gesto pontual
Cada palavra cada imagem

domingo, 27 de junho de 2010

Tem momentos que precisava tanto de você
de seu ouvido e de suas palavras que sempre me confortaram
nao seria nada de mais
simplesmente conforto pra minha ansiedade e nervosismo
você que sempre me pos pra cima e me deu forças
era apenas isso que queria, ouvir sua voz e seus conselhos
dizendo que no final tudo vai dar bem
Ja que ainda me faço necessario mudo, ja que pedes por isso
falo por aqui, como muitas vezes ja fiz

sábado, 26 de junho de 2010

Primeiro tento decorar-te com os olhos
Em sonhos te recrio com perfeição
Admiro-te em cada traço em cada brilho e cada gesto
Então consigo tocar-te e sinto-a como um todo
minhas mão percorrem por suas curvas organicas
e ao meu toque reages com um arrepio
Assim começo a senti-la a noite, em meus sonhos
Gravo suas formas e consigo ate mesmo recria-las no ar
Então percebo suspiros e começo a explorar-te a alma
e a noite em sonhos consigo senti-la real
e alem da forma e das sensações vejo tua alma
E assim nos vemos entregues
observo cada traço cabelos, olhos
sinto seu braço, seus labios suas curvas
vivo sua respiração e o pulsar do seu coração em seu seio
conheço-te a ponto de me entranhar
e a sensação do calafrio
de ser um e dois
sentir-te arrepiada
seu folego seu suor
seu corpo sua alma
sentir te, decorar-te viver-te
dia a dia até te incorporar e esquecer
esquecer? nao jamais! serás sempre parte de mim.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

traços do universo em nosso corpo
nosso ego nos mostra uma pequenez inexistente
somos o caos do universo em todo seu esplendor

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Um pequeno sorriso
é o começo de tudo!
Fim
Recomeço
Começo
Refim
Refinado
Começo
Finado


Só riso
é o inicio
de um novo tudo

domingo, 20 de junho de 2010

Drummond feelings

"Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim."

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Pequeno Peão

Roda peão, roda
gira e vai girando
Roda peão roda
desliza sobre o tempo
Desafia-o a girar
Gira peão gira
Chame atençao para ti
apenas girando em seu eixo
Roda peão, roda
Compasseie com o mundo
Mostre sua simplicidade infantil
Gire peão, gire
Encante e hipnotize ludicamente
Roda peão, roda
E nunca pare para não cair.

domingo, 13 de junho de 2010

sinto tanto sua falta

O velho porto seguro

Cade meu velho porto,
Onde sentado nas podres madeiras,
Observo calmamente o mar,
Que com o tempo desgasta mais ainda a madeira
Cujas farpas as vezes me ferem

Ponto

Um ponto,
um frio e escuro ponto
um ponto necessário
que não permite continuações
um ponto certeiro
que fixa e não nos permite agir
Um muro
um muro alto e extenso
que é necessário construir
De ambos os lados, querendo ou não
Já se sabe que é necessário
E o muro, agora criando outro mundo
Se faz ignorar o outro lado,
é necessário.

Inverno Vazio

De seu toque já sinto falta.
Não posso dizer que o vazio será enorme.
Mas com certeza perco uma pequena parte de mim.
E sei que nos detalhes é que encontramos beleza.
E toda parte nos marca de um jeito.
Lamentamo não te-la conhecido nem sentido seu carinho.
Mas nessa guerra de jogos os ferimentos já bastam.
Quando o outro reconhece suas feridas
Não há mais o que fazer senão desistir.
E apesar do gosto da vitória não vencida, temos que ceder.
Olhos baixos, os dois se retiram.
Não há mais suor, não há mais suspiros.
Nossas armas abandonamos com os mortos, não servirão para nos erguermos.
E assim surge o inverno e a imensa branquidão.
E não há mais nada, apenas um vazio, que apesar de pequeno, é imensurável, e soma a tudo.
É um grande e profundo vazio,
E fico na falta
De seu abraço, de seu toque, de seu sorriso, de seu olhar.
Tudo que sempre quis que fosse meu.
Mas a guerra tem que cessar

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Persona

Afinal quem é você
afinal o que sentes e o que buscas?
se esconde atrás de uma amscar ou essa é mesmo sua face
E minha face? nem sei mais se está mascarada ou desmascarada

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Ideias

-O misterio da vida se apresenta na propria vida
-tudo no mundo é um ciclo a vida nao escaparia disso
-se todo o movimento é ciclico e continuo é necessario algo para que essa força centripeta seja constantemente impulsionada
-A visão humana é debilitada e há muito mais do que possamos ver, o invisivel é muito aior do que o visível , é necessario estimular todos os sentidos, apesar do mundo nao se resumir a eles.
-O maya é algo um tanto obvio se pensarmos que nao conehcemos outras existencias se nao a que experimentamos.
-Se a vida é ciclica e ja sabemos perfeitamente que a raça humana pode se extnguir então a alma não tem forma podendo assumir qualquer corpo, estando ou nao nesse planeta.
-Se antes tinha mais arvores e mais animais e hoje muito mais seremos humanos podemos relacionar a questao da alma citada acima
-O mundo tende e necessita de um equilibrio.
- A energia é um fato inegavel e é capaz de criar harmonizar e destruir.
- Se tudo é ciclico podemos pensar em movimentos expansivos vibratorio logo uma açao necessariamente deve agir primeiro por completo em um ponto para que depois possa reverberar.
-Se temos consciencia de nossos atos e de nossa propria consciencia podemos controlar energias mas antes é necessario aprender a ter consciencia e controle sobre si lembrese age-se antes em um ponto para que o movimento possa se expandir.
-Não podemos afirmar a existencia de outros universos, mas as leis desse se aplica nele cmo um todo inclusvie biologiacas e fisicas, há os mesmos elementos quimicos em todos os lugares, logo se a biogenese ja nos informa da vida gerando vida fomos gerados por uma vida, e a genese de tudo pode obedecer outras leis ja que nao seria desse universo por te-lo criado.
- Para o bem do equilibrio e da propria existencia é necessario a harmonia e para isso é necessario antes pensarmos nos deveres do que nos direitos.
-Uma imagem é apenas uma imagem, o ser é invisivel.
A ordem do caos é uma ordem propria, para sermos o universo se faz necessario o caos em sua propria ordem, na multiplicidade do caos existe unidades e a grande unidade constituida de caos.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

a velha frase

incrivel... "ser ou não ser..és a questão"
E quando o vazio é desejado?
Podemos conseguir viver em paz num vacuo sossegado?
porque o sossego teria que estar no vacuo?
porque não o caos?
porque evito tanto o caos? a multidao a desordem
O problema talvez esteja na negação
Ou falta dela
Como apreender coisas universais que vão de encontro com nossos sentimentos
Medos receios, porque temos se não diante a morte
A coragem não é enfrentar o perigo e sim saber reconhece-lo
Será que nao o reconheço
apenas pensamentos vagos
nada de beleza, minha mente confusa assim cmo se faz normal
distração, falta de concentraçao
um querer e um desquerer
é no silêncio que a gente começa a aprender a ouvir os barulhos ou será que é necessario buscar o silencio no tumulto, ou dar a cada som o que é de si
ja temos respostas
cada som é o que é cada ser é o que é
e o que não é, simplesmente não é mas numa mente que viaja em uma persistencia duvidosa, pode ser que o nao é vire a ser
confusao mental...
precisando arrumar a mente a alma e o corpo

Simba Fellings

" você disse que sempre estaria comigo"

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Se todos pensassem apenas em seus deveres nao seria necessário lutar pelos nossos direitos

Em breve pensamentos sinteses.. sentimento estranho..quero deixar ideias e pensamentos gerais registrados o qto antes...
controle..precisod e controle
como se seu perfume me atormenta?

segunda-feira, 31 de maio de 2010

O mundo nao consegue me apetecer com suas fugas padrões
A raiva as vezes é tão concreta que poderia mastiga-la
Me tira do sério
todo e qualquer gesto
qualquer tipo de olhar
se for seu, me tira do sério

seus movimentos, suas palavras
suas brincadeiras e suas provocações
me tiram do sério
se faz desejar

você por você
você por completa
simplesmente me transtorna
me faz sorrir e te desejar

domingo, 30 de maio de 2010

Demian Rice fellings

"And so it is
Just like you said it would be
Life goes easy on me
Most of the time
And so it is
The shorter story
No love, no glory
No hero in her sky
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes...
And so it is
Just like you said it should be
We'll both forget the breeze
Most of the time
And so it is
The colder water
The blower's daughter
The pupil in denial
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes off you
I can't take my eyes...
Did I say that I loathe you?
Did I say that I want toLeave it all behind?
I can't take my mind off of you
I can't take my mind off you
I can't take my mind off of you
I can't take my mind off you
I can't take my mind off you
I can't take my mind...
My mind...my mind...
'Til I find somebody new"

..pq vc nao poe na sua cabeça que vc é minha?
pq eu nao ponho na minha cabeça que vc não é minha?

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Aerosmith fellings

"I don't wanna miss one smile
I don't wanna miss one kiss
I just wanna be with you
Right here with you, just like this
I just wanna hold you close
Feel your heart so close to mine
And just stay here in this moment
For all the rest of time
Yeah, yeah, yeah, yeah, yeah!"

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Por dias fostes minha inspiraçao
mas agora nao quero mais deicar meus poemas a ti
que se perca no eterno e infitino oceano
sumindo a mais depressa possivel
Calma....
É disso que preciso
Agua, alma, paz, calma
conta a conta
vibraçao harmonia
relaxar...
sentir o prazer apenas com a brisa do ar
e poder fechar os olhos para o grande Maya

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Minha pele pega fogo
Meus olhos se fixam se reviram e se perdem
Minha garganta sente sede

Sede Obsessiva

Minha sede agora aumenta
minha garganta não é a mesma
meus olhos se fixam e se perdem
Agora é o mel que eu desejo
Desejo com a mais impura vontade
Com a obsessão do feitiço
desejo o sangue e a carne
derramados pelo vinhos
Mordo seus labios
faço revira-te os olhos
cega-me com seu veneno
Vibora hipnotizante
que se faz suplicar pelo seu rastejo
Atira-me seu veneno e seu favo
e me faz ajoelhar sobre ti
Me faz delirar, e me faz atacar
Marcas do mais delirante prazer
da mais ardente respiraçao
terei-a em minhas maos,
em meus braços
dar-lhe-ei o prazer mais inesquecivel
tomarás de seu veneno e irais suplicar o mel
Então dexarei-a enfeitiçada
Caida em seu próprio céu

sábado, 22 de maio de 2010

cazuza fellings

" eu queria ver no escuro do mundo,
aonde está o que você quer,
pra me transformar no que te agrada,
no que me fa;a ver,
quais são as cores, e as coisas
pra te prender"

Deux âmes

Somos dois
Dois e uno ao mesmo tempo
onde não há tempo
Somos uma só respiração
Dois espasmos de vida
Somos olhares
E acima de tudo sentimentos
momentos, sorrisos e lagrimas
todo tipo de lágrima
todo tipo de sorriso
Somos binários
somos simples e contrastantes
combinamos completamos
Somos dois
E somos o uno por sermos dois
Duas mãos, dois olhares
Dois lábios
Duas vidas.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

As lágrimas trazem um brilho a mais no orlhar
nunca imaginei que esses olhos poderiam ficar mais belos
ao mesmo tempo angustiante e admiravel
foi então que revi uma lágrima escorrendo por uma face
tão doce, tão fragil
um sorriso apesar de belo nunca demonstra a fragilidade e a sutileza das pessoas
e por um momento te segui, por um momento queria apenas proteger-te.
por um momento pude entender tudo
e pensar que nada é tão complicado.
o mundo é quase que binario ou ao menos podemos le-lo assim

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Cansei de brincar de pique esconde ou você aparece logo ou vou embora sozinho
devo procurar a essencia, aquilo que é invisivel
mas quilo que é absolutamente sensivel
Rasgando os véus você percebe que o mundo é vazio

quarta-feira, 19 de maio de 2010

a alma nao tem gosto..quebremos o ego e personalidade
sera?
Será que vou virar um velho rabugento?
as vezes reclamo creio que sem motivo real
sabe reclamar por reclamar?
tenho que começar a me controlar mais rs

réflexions dans le bus

Oh! Exist too many ugly people in the world!
Maybe if you see their back you will want to see their face!
But if you see their face, you will not want to see their back.

Oh! Exist too many ugly people in the world!
Maybe if you see their appearance, you will want to see their soul!
But if you see their soul, you will not want to see their appearance.

domingo, 16 de maio de 2010

Hoje sonhei com você em outras
ser uma e varias ao mesmo tempo
com identidade desconhecida crio uma especie de frankstein
rs...cada vez sua presesnça é mais forte...

Querendo sair da inércia novamente..
conseguindo?
vamos lá força!

sábado, 15 de maio de 2010

Onde está você?
Queria poder fazer você não ficar triste
Queria poder te abraçar e mostrar que você não está sozinha
Não chore, não se machuque
Pense em mim e em nós
Os dias passam com os passos que damos
Mais cedo ou mais tarde poderemos ficar juntos
Mas enquanto isso não acontece
Lembre que estaremos juntos e que na verdade ja estamos
Obrigado pelo ombro e pelo sorriso que conforta mais que tudo
Sempre fui e sempre serei eternamente apaixonado
E do seu amor nunca duvidei, e sei que também nao duvida do meu
Gemeos de coração e de alma demente e de desejos
Não somos um, somos dois que acabam formando o uno
mas que sempre possui seus lados

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Nas suas costas encontrei constelações
Em alguns segundos viajei nesse céu estrelado

Busca Eterna - feito em algum dia de 2003

Perto dos mais belos astros chegarei
Iluminarei todo o universo
Decorarei cada passo e movimento teu
Em teus olhos irei me perder
Em você me encontrarei
Por ti e em ti sentirei cada vibração
E teu sorriso me iluminará
Sim, o paraíso encontrarei em ti
A mais linda pessoa
Mas que ainda não conheci

domingo, 9 de maio de 2010

Mãos

Nas mãos encontramos destinos
As mãos trazem confortos
E fazem carinho
As mãos seguram a flor
Arracam e contam suas petalas
no antigo bem me quer.
Quando está nervosa, ansiosa,
sua mão te denuncia, treme revelando insegurança
As mãos conseguem trazer beleza aos detalhes,
cruza a trança, acaricia a pele
Se firmes as mãos trazem segurança
Quando dança as mãos trazem a sublimação
E quando as mãos se encontram...
Quando se encontram há troca de energia
pode ser amor, algo romantico, onde as mãos se acariciam
ou até mesmo uma batalha um acordo de guerra ou de paz
Mas as mãos... carregam destinos
são necessarias para o ódioe apra o amor
são amigas são sublimes
podem ser duras ou suaves
mas agem conforme o nosso pensamento
o nosso ser mais íntimo

Quem sou eu?

Um eterno apaixonado?
Me de uma faísca que te trago um incêndio!
Um eterno exagerado?
Me de um grão de areia que esperarei um deserto!
Um eterno mudável?
Assopre em meu ouvido que irei para onde o sopro me levar!
Um eterno sorridente?
Me mostre qualquer alegria que encontro a eterna felicidade!

Saudades do que nem existiu

Dos abraços
Das maos dada (por mais tempo)
dos beijos
dos sorrisos e dos olhares
da cumplicidade
da vida ao seu lado
dos momentos, quantos poderiam ser
das conversas, dos telefonemas
até das brigas
saudades disso tudo que pouco aconteceu

Na real? Saudades de um porto onde eu possa ancorar

sábado, 8 de maio de 2010

Saudades de ter alguem
saudades da cumplicidade e de troca de olhares
troca de sorrisos
e de telefonemas
saudades do recente, até mais do que do passado
será que vai sentir minha falta?
se antes chegou a sentir derepente agora sinta
apesar do que o passado acho que ja nem lembra mais
saudades,
de ter alguem de contar com alguem de pensar em alguem

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Foi tão perto
por tao pouco
tudo parecia ja reconstruido
mas as bases falharam
onde?
não sei
por momento vi futuros
por momentos sorri e tive aquele sentimento bom
e derepente pó
é tão estranho
aquele toque
aquela voz
aqueles olhos..
aquele sorriso
e minha ilusória esperança
quem imaginaria?
lamentações
por tempos fora realidade
sim foi real
e derepente assim
desmanchado
foi por tao pouco
meu coraçao estava voltando aos poucos
e...silencio
"nada mais que o silencio
a noite então era pior não pelo silencio
o silencio era o mesmo, mas a noite era sombra
a solidão ainda mais estreita ou mais larga"
e aquela voz que eu estava me acotumando a ouvir
ficou muda e nem sinais faz mais
fica a lembrança
a lembrança do quase
a lembrança de uma essencia
e a lembraça de algo que nao existiu
estranho, td muito estranho
foi por pouco...
quase
As sensações eram multiplas
a textura única
com a brisa do mar vi o sol e a lua estampados em nossa pele
o suor refletia os astros e as estrelas e fazia de nossos corpos
um só céu

domingo, 2 de maio de 2010

rs engraçado ver os posts..tao poucos dias e td mudando tao rapido..sera q essa porra influenciou? ahahah

E se eu mandar o blog pruma pscicologa? rs

é quando eu noto que o meu movimento so depende de mim
vejo tão claro que o caminho somos nós que escolhemos
e só percorremos se quisermos
podemos voltar a qualquer momento somos donos dos nossos passos
nao é facil ser senhor de si
mas quando notamos que isso significa ser senhor de sua vida
as coisas começam a mudar
o tempo nao é um fardo que levamos
é a possibilidade de sempre recomeçarmos
afinal, se nem nós sabemos quem somos
porque logo os outros que sabem?
nossa identidade é um misterio para nos mesmos
ate que descobrimos que podemos ser quem quisermos
quando quisermos
e nao importa o motivo que quisermos
no fundo deve ser muito facil ser dono de si
nós somos mansos e nos deixamos domar pelas pessoas, ate pelos outros
porque nao por nós mesmos?
Porque hipnotiza sem saber porque
Porque dança cansada?
e a essencia quando nao se materializa?
esta condenada a vagar sem identidade?
seria a materialização uma evolução da essencia?
poderia a essencia simplesmente ser abortada?
surtos de essencias faltas de materializaçao
quando a gente acha que é nao é
rs...duvida? confuso é não é?
nao nao é mas poderia ter sido, nao dependeria de mim
mas nao nao foi dependeu de você
nao nao sera no que depender de mim
um dia quem sabe alguem
um sorriso sincero

paz e tranquilidade/ amor e estopor
parece tudo tao oposto e contrastante
cabe a meus pes andarei,
o tempo não controlo mas em meus pés quem manda sou eu

Um novo aperto

É tão ruim sentir isso
Foi tão bom lembrar como era sentir aquilo
Foi...frustrante um acontecimento do inexperado
é tão ruim ter que recorrer a antigas lágrimas ara não cairem novas
é tão ruim ter que lembrar de antigos abraços que ja se foram
como é estranho relembrar de um porto que não mais existe
e tentar ainda nele ter como referencia a segurança

é tão ruim o vazio,
o vazio esse é o pior
quando por tempos achei que a dança tinah enfim encontrado seu par
..mas pq seria tão facil?
pq evitamos de dançar sozinhos
pq guardar aquilo que nos fere?
seria mais facil encarar a falta da essencia
por mais que a amterializaçao nao etnha se concretizado
mas nao quero novas lagrimas
as antigas ja em bastam
e quem sabe ate não me confortam

quem eu sou quem eu fui?
nem eu mesmo sei
pq nao tento ser pra mim quem eu quero que seja por mim
sera tao dificil se bastar?
alias a gente pode se bastar?
pensar que no mar que sempre quis mergulhar,
hoje nem muito tempo fiquei
como uma metafora estranho e tao concreta
vejo que o mar as vezes nao nos traz prazer
Mas afinal, aonde está o prazer
E porque o queremos tanto

Por que existe ideias se o mundo das ideias jamais sera alcançado
o amor sempre explode
isso demonstra sua grandeza e sua finitude
Sera que a intensidade tem alguma correspondecia com a duraçao
qual é o tempo minimo de um amor?
qual é o tempo maximo de um amor?
E o tempo quando ele vai congelar ja que nunca ele para
estaos fadados a andar e caminhar
se estamos com sede ou fome nao interessa ao tempo
Afinal as leis sao leis elas nao se preocupam com nossos sentimentos
a maça há de sempre cair
a maça há de sempre nos envenenar
e sempre trará um pouco de nossa verdade interior
nao verdade, fraqueza.

onde melhor que em um espelho para ver nossa fraqueza
onde melhor que na alma pra sentir nossas feridas
Qual é o tempo minimo da dor?
Qual é o tempo maximo da dor?
Poderia a intensidade ter alguma relação com a duração?

"amor é dor que arde sem se ver"

sábado, 1 de maio de 2010

How many special people change?
How many lives are living strange?
Estava cá a pensar com meus botoes
estarei arrumando sarna pra me coçar?
e sabendo disso pq corro atras da sarna?
ahh se bem q inicialmente se coçar é prazeroso
sera q é por isso q a gent "procura" essas sarnas? rs
Because may be
You 're gonna be the one that's save me
And after all
Your my wonderwall

sexta-feira, 30 de abril de 2010

The last day! rs

O dia passa,
Independente do que você quer,
Independente do que faça,
O dia passa.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Com as armas no chão e de cabeça baixa me exponho de modo total
sem defesas e sem ao menos enxergar, me exponho ao desconhecido
Esquecendo a razão, a tão ...aliada? razao...
Me perdendo como um adolescente, enloquecendo e tendo uma felicidade...talvez..perigosa
Antes da matéria veio a essência..mas a essencia ja pressupoe a existencia da amteria?
ja garantiria a existencia da materia? E caso a amteria nao se concretize? o que é feito da essencia?
Fica vagando em busca de uma materia ou se perde em alguma crise de identidade? rs
Pode a essencia ser a propria amteria? ate quando pode se supor um concreto sem que ele realmente exista?
PRa quem tinah duvidas, negoas e depois viu que tnha certezas...as duvidas apenas se multiplicam...
ansiedad? ok
insegurança ok
perdido no melhor dos sentidos...é...ok

terça-feira, 27 de abril de 2010

Internidade

Quero agora poder parar o tempo
Em um momento em que nada se mova
A não ser nós dois
Um momento que possa ser eterno por nao ter tempo
Poder sorrir e olhar nos seu olhos
Sentir seus cabelos em meu ombro e enfim fechar os olhos
E entrar em um estado supra normal
E naquela sublime cançao que é o amor
poder voltar a me comunicar sem a fala
sentir sem tocar
e suspirar pensando

Que o tempo pare que o mundo pare
Congele até mesmo o brilho das estreals
Congele tudo, e quanto a nós..
sobreviveremos aquecidos um ao outro

Que esse labirinto me leve de um modo cego
pois a paixão é cega e cegas são as emoçoes
que não haja razão nem raciocinio
que isso não entre em nosso mundo

domingo, 25 de abril de 2010

Ahhh a paixão..rs
como é bom esse sentimento
como é bom frio na barriga e saudades a todo instante
como é bom ter a cabeça fora do ar
eu que pensei que esse sentimento demoraria
ou quem saiba nem voltaria
pensei ate mesmo em evita-lo ad eternum mas...
quando a gente ve a gente ja está sendo levado
e aquele momento em que a dança começa a te envolver,
ainda não há o transe e a musica começou ainda a poucos tempos
.....
Eu que nao pensei
Eu que nao quis
pensando em abandonar sonhos que ainda não anulam outros
um dia um começo..
que no fundo ainda nem começou
e o recomeço?
não há recomeços, nunca
tudo é ciclico apenas evoluimos, podemos ate chegar a um mesmo ponto
mas nunca andando para tras
.......
o que escrever? ja nao sei mais
é um misto tão estranho de sentimentos
acho que quanto mais o tempo passa menos as coisas ficam puras
apenas de inicio.. sera?
a pureza é algo tao sagrado e tao buscado
a luz..ah a luz...q em qualquer intensidade gera sombras
ainda há penumbra, certas historias nao desejo apagar, apenas guardar
para quem sabe um dia relar
memorias lembranças...o presente é um presente e o futuro...
ahhh o futuro...como é bom esse sentimento
..........
Obrigado a você, seja quem for que faz da minha vida um qubra cabeça onde tudo se encaixa..tudo..tudo e por isso sorrio, não tenho medo, de nada até pq o nada ja desejei e o nada ainda me é muito bem visto... E quando pode se viver com o anda, vier com alguma coisa é facil
apesar de saber que a minha busca que meu caminho, se tudo der certo e se esse quebra cabeça for montado levara ao tão esperado nada, que é muito maior que tudo.

sábado, 24 de abril de 2010

O perigo da dança está na sedução
está em deixar se envolver
onde cada movimeto de deixa mais atordoado
e o extase começa a te hipnotizar

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Liberdade liberdade abre as assas sobre nós!!
Quero mastigar o ódio com todos os seus espinhos
transformar em nada aquilo que agora é tudo

a raiva nao me deixa escrever direito rs

Decisão

Não, não deixarei
me desviarei desses laços como uma dança
aproveitando momentos estreitos
esquiando por entre os lados
deixando de um modo que os toque,
mao não nao me deixarei enganar e prender
por laços, por mais bonitos que possam se formar

quinta-feira, 22 de abril de 2010

E quando um caminho está mais próximo que o outro?

Nao, nao tente entrar na minha vida
nao se engane por uma mascara qualquer
nao se iluda por uma amscara antes de apaixonar-se sutilmente descubra o que há por tras dessa mascara
Nao conseguira suportar nem seguir entao nem tente
Já nao consigo nem mais a propria vontade sobre os desejos
Porque meus muros tiveram brechas? e as teêm ainda.
Deixa seguir só eternamente só
Deixa que consiga o sublime me dominar a ponto de nem o amor falar tão alto
deixa que o amor seja de todos e nao de um.
não entre nesse labirinto onde nem eu sei onde está a saida
por favor feche os olhos e nao me enfeitiçe
Nao quero me afogar no mar no mar que sempre busquei
E que agora nao quero desejar mais.
Pernas andem, se movam vamos andar mesmo que a pequenos galopes.
Quem é você que chega e instaura o caos?
quem é você que vem por tudo a perder
vem confundir meu caminho e me por dúvidas
vem talvez se encantar por quem nem conhece de verdade
e se aventuras na pior das armadilhas
Quem é você que me distrai quando tenho que começar a andar?
Porque surgiu e porque cruzou essa estrada tão complicada?
Nao seria mas facil a mim simplesmente seguir o caminho?
O que me atordoa? Porque me atordoou?
O que me atas a atençao? pes e maos livre sem se mover
O que significa isso tudo
Onde está a placa com as orientações?
Ir ou não ir...
ou melhor para onde ir? se nem mesmo certo esta o caminho que pretendo seguir?
Lembra a duvida e confusão?
quase ceretza que apenas foi mais uma peça da minha mente criativa rs
Mente mente e engana a gente (rs rima tosco)

terça-feira, 20 de abril de 2010

A guerra é interna sempre foi
a vontade é interna?
O tempo aguarda vencedores de uma batalha demorada
As armas sao as piores pois nao sao materiais
O inimigo é o pior pois sou é a mim mesmo a quem refiro
E a recompensa o tão glorioso ouro alquimico
as vezes precisa ser manchado pelo mercurio taurino
Mas apesar das armas de marte o sublime é tão...
nobre que não gosta de lutas... e a guerra sem violencia..
apesar de não ter grandes vitimas é sempre mais demorada
Implosão? Ou explosão. de todo modo .. transformação .. reconstruçao..
ou melhor seria apenas construçao?
De toda forma quando a essência é de sândalo, toda ferida traz bom aroma.
Ferir mais ou deixar se esvair aos poucos?
De toda forma a guerra se faz necessária.
Porque nao consigo pegar minhas proprias redeas?
Ser dono das minhas vontades e de todos os meus atos?
Transformar o mais intimo do meu inconsciente em algo pensado ..ou melhor dominado
Confusão.. o que fazer quando nao se tem dominio da propria morada de sua alma?
O que fazer pra sermos apenas almas, almas amterializadas e etereas.

domingo, 18 de abril de 2010

Um tanto confuso

meus olhos não sabem direito o que vêem
eu não sei direito o que sinto
mia miopia agora me atinge de modo interior
não é um não sei sabendo é um não sei sincero
onde pode ser ou pode não ser
pode já ser pode nunca ter sido
o deserto faz com que criemos a ilusão que desejamos
criaria ele também nosso próprio desejo?

sábado, 17 de abril de 2010

Sometimes i feel more pain

"ser ou não ser" ... lutar ou não lutar, e em que lado lutar?
quais serão os efeitos de acelerar ou retardar uma roda?

sexta-feira, 16 de abril de 2010

pessoas inesqueciveis

"Existem sorrisos e olhares que nos marcam pra semrpe
Como é bom ver aqueles sorrisos, aqueles olhos semi cerrados de alegria
como é bom ver brilhos nos olhos e sentir toques de abraços a apertos de mãos
Como é bom existir pessoas simplesmente incriveis. únicas. próprias
Um sorriso uma expressão uma dança, uma brincadeira uma palhaçada
uma musica uma gargalhada."

À minah familia do trabalho

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Tem dias que ficamos mais a flor da pele
tem dias que as lembranças a floram mais
tem dias que o corpo sente saudade de um abraço
o olfato de um cheiro e a mente de um conforto

Um tanto melancolico hoje
tem vezes que materializamos certos ideais
a ponto de segundos e minutos poderem representar um ideal eterno
que gostariamos que cristalizasse pra sempre

Rs, lembro da vez em que vi Match Point e as vezes o filme tava tão bom que eu queria que acabasse antes que algo pudesse estragar. Quantas vezes não pensei isso em vida.
Acho que a eternidade é uma busca constante

terça-feira, 13 de abril de 2010

Aguas

"Arquitetos do poder"
" Capitalismo uma História de Amor"

Filmes do dia! Otimos!
Saindo da inércia? Talvez um pequeno passo...


"sede, sede de uma água que ainda não bebi
sede de algo que tenho que beber
sede, sede, ninguem morre de sede quando se tem opções de bebidas"

Transformaçoes ocorrem plenamente caso seja de supetão?
Transformaçoes ocorrem realmente se nao forem como revolução?
Transformaçoes são ciclicas?
Porque transformações nao são faceis, apesar de poderem ser tão e tão faceis?
Porque nosso lugar é tão confortavel mesmo quando incomodo
O quanto de incomodo nosso conforto pode suportar...
E se provocarmos inconfortos?
Tudo para sair de uma inércia...
Inércia, acho que foi newton que falava que depois que um corpo sai da inércia não é mais necessário tanta força para que ele continua em movimento.
Provocar inconfortos...me soa meio caoista..
Não, nao tão caoseiro por vir ao encontro do ser da essência..
essência...seria o ego nossa essência... não acho que não ou pelo menos a palavra acabou ganhando outro significado...ego...parece tao...Egoista .. essência parece algo mais ...sublime.
Durmiu bem ?

domingo, 11 de abril de 2010

Noite, preguiça, ansiedade e calmaria (contradição total ok)
que dia virá amanha? tenho que começar a sair da inércia...senti um gerundio ai rs
final do dia engraçado e produtivo tiro ao alvo com elasticos, retomando peças que faltavam da infancia hahahah acredita que num sabia atirar com esse treko direito..vivendo e aprendendo ahhahah...

"tantos sorrisos de tantas epocas, todos trazem saudades
tantos abraços tantos sentidos que queria ter despertado
tantas situaçoes abraços carinho calorzinho no dia frio
...vontade de pegar duas canecas de chocolate quente "

sábado, 10 de abril de 2010




video

CUMPLICIDADE

Meus crimes você conhece, minhas desculpas e minhas reais razões.
Praticou-os comigo, assim como alguns não me deixou praticar.
Mas a cumplicidade é sempre mútua.
Seus crimes também conheço, também os pratiquei e também não os deixei praticar.
Conhecemos nossas armas, nossas habilidades e nossas falhas.
Cumplicidade, cumplices de vida e de alma.
Parceria arriscada , o melhor dos parceiros ou o pior dos delatores.
Dialogar no silêncio é arte só dos cumplices.

João H. Pires